Storyteller é Old School?

ISSO é que é um Storyteller Old School! - "The Storyteller - 11,003 B.C." Pintura em óleo de Martin Pate

Essa é uma dúvida que me atormenta há algum tempo; não que eu precise colocar rótulos em tudo, ou que seja contra o que não for “old school”. Decidi gastar neurônios com essa questão que não vai mudar a vida de ninguém porque… sim.

Também porque eu vejo um renascimento do velho World of Darkness, da maneira como ele era jogado nos anos 90, e isso me anima. São vários blogs falando no assunto (o melhor em português, claro, são as meninas do Livro dos Espelhos), e tem esse lance dos 20 anos de Vampiro e Lobisomem. Pergunto: o que o Velho Mundo tem que o Novo não tem?

Continuar lendo “Storyteller é Old School?”

ZUADACAST! #2 – Dano Máximo!

Saindo do limbo! Depois de vários meses sem ele, está de volta o ZUADACAST!, o podcast de RPG sem nenhuma utilidade!

Começo esse post pedindo desculpas a todos que ouviram o primeiro (AQUI) e esperavam logo pelo segundo; Nossa intenção é que o podcast fosse mesmo mensal, mas fiquei sem computador de maio até agora. E o próximo podcast não tem data pra sair, pois alguns dos nossos integrantes estarão ocupadaços nesse fim de ano, mas enfim! Tirando as desculpas esfarrapadas e os assuntos atrasados, aqui está!

Continuar lendo “ZUADACAST! #2 – Dano Máximo!”

Vampiros que batem

  Depois de algum tempo muito ocupado, sem novos posts, venho com o meu primeiro post sobre Mundo das Trevas, seja ele novo ou antigo. E a conversa pode não agradar nenhum dos dois tipos de fãs… Desde que me entendo por RPGista, o Mundo das Trevas de Vampiro/Lobisomem/Mago sempre foi um lugar de tramas sombrias, segredos impronunciáveis e ambiente depressivo, às vezes violentamente depressivo. Aquele aviso “Proibido para menores de 18 anos” que está estampado na capa do Vampiro: A Máscara 2ª edição me impressionou tanto no auge dos meus quinze aninhos, que esperei três anos para finalmente jogar … Continuar lendo Vampiros que batem

As Quartas Edições

Não sei se foi coincidência, acaso, de propósito, ou é viagem minha… mas não é curioso que justamente esses QUATRO sistemas de RPG, os mais jogados no Brasil, tenham alcançado a QUARTA edição em QUATRO anos? Senão vejamos: Em 2004, foram lançados nos EUA tanto o GURPS 4ª Edição quanto o Storytelling (que pode ser considerada uma quarta edição, haja visto que os antigos Vampiro, Lobisomem e Mago tiveram três edições). O primeiro, uma atualização das regras da antiga 3ª edição de 1988 (única publicada no Brasil, mas que criou uma legião de fãs ardorosos e fiéis). E o segundo foi uma consequência da … Continuar lendo As Quartas Edições