Relato sobre o RPG Macaé

banner

Este slideshow necessita de JavaScript.

Perdi a conta de quantas vezes o ZUADA! levou “Raise Dead”. Como parece que ainda temos muitos pontos de Constituição sobrando, ainda estamos aqui!

E só o RPG moleque, o RPG de várzea, como fazíamos nos velhos e bons tempos, pra me fazer voltar a escrever. Dessa vez, os responsáveis por reviver esse sentimento são as pessoas maravilhosas que fizeram acontecer o primeiro RPG Macaé, no dia 08/06!

ONDE?

Caso você não saiba, aqui vai um pouco pra você se situar: Macaé é uma bela e pujante cidade do litoral norte Fluminense, conhecida merecidamente como “A capital nacional do petróleo”. Uma cidade grande no interior do RJ, com todos os problemas de cidade grande – tráfego, violência, etc – mas isso não interessa; O que importa é que lá reside um monte de RPGista engajado!

Na verdade, Macaé fica um pouco longe da cidade onde moro. Mas por essas voltas que o mundo dá, dei a sorte de ter sido transferido recentemente para a filial da minha empresa lá!

Sou ou não sou um FDP de sorte?

Portanto, sem desculpas de distâncias, nada mais tinha eu a fazer do que dar uma de intrometido (eu SEMPRE faço isso!), e cair de paraquedas no meio do evento.

Sabe o que eu encontrei lá?

O QUÊ?

Estarei sendo um pouco injusto se não falar a verdade: Fui convocado pelo Jefferson Neves, do Belregard RPG (http://Belregardrpg.com.br), que iria espalhar a Febre e pregar o Evangelho do Cão em terras distantes, e não poderia recusar o convite.

Chegando no local do evento, uma surpresa: Um lugar maneiríssimo, com uma pinta de taberna e bem aconchegante, e cheio de RPGistas! Embora estivessem rolando apenas duas mesas – A de Belregard RPG com o Jefferson e uma de D&D 4E com o Roberto – a galera estava animada, e eu fiz questão de não deixar ninguém parado: catei o Guerra dos Tronos Cardgame e juntamente com o Leo e o Saulo, começamos mais uma batalha pelo Trono de Ferro!

O sábado estava terminando, as mesas de RPG ainda rolando até o finalzinho, mas ainda assim pude começar mais uma partida rápida de GdTCG, pois teria que pegar o ônibus pra encarar as quase três horas de viagem…

E AGORA?

No final, o Marcel reuniu todos os bravos guerreiros que compareceram. E falamos sobre as expectativas desse novo evento que surge no Rio de Janeiro, pra consolidar ainda mais a posição do estado como o que tem mais encontros regulares de RPG!

E ainda diziam que os RPGistas Cariocas/Fluminenses eram folgados, ha!

Foi plantada a semente de mais um grande acontecimento para nosso hobby aqui por essas bandas. Sinto orgulho de ter participado dela e ter conhecido tanta gente legal! Se você mora aqui por perto (ou não!) e gostou da iniciativa, apoie e divulgue! Temos o grupo do encontro no Facebook, onde trocamos ideias enquanto o Marcel e o Roberto tentam colocar ordem na casa!

E a segunda edição do RPG Macaé já tem data: 06/07. Esperamos vocês lá! Em breve, mais detalhes aqui mesmo no ZUADA!

E vamos que vamos!

7 comentários sobre “Relato sobre o RPG Macaé

  1. Moro em Campos e voltei a mestrar há alguns meses. Se soubesse, eu teria comparecido ao evento. vou acompanhar o grupo no fb e irei no próximo se confirmado.

  2. Em 1996~1997, salvo engano, um amigo meu havia tentado algo assim aqui em Campos. Não havia estrutura direito, mas havia vontade. Foram espalhados cartazes e convites em várias escolas, mas só compareceram os conhecidos que já jogavam juntos, uns 12. Depois disso a vontade minguou.

    1. Arcane, te digo que todo o primeiro evento é complicado, só os conhecidos aparecem, Mas a regularidade e a divulgação trazem novo público, novas aventuras! Faço parte da organização do Encontro de RPG anual em Arraial do Cabo, realizamos a terceira edição esse ano, e o Davi, o idealizador da parada, ficou desmotivado na primeira edição. Hoje, comemoramos vários novos amigos e cerca de 100 pessoas por evento!

      Se a galera de Campos tentar fazer algo, conte com a minha ajuda e a dos blogueiros pra divulgar! E se quiserem aparecer em Macaé ia 06/07, são bem vindos! Abraços!

  3. A oportunidade que faltava para unir os RolePlayers de Macaé e cercanias! Portanto, se nessa campanha houver lugar para um guerreiro, um clérigo e um mago, ficaremos honrados em participar. Parabéns pela iniciativa! Nosso foco é D&D 4th.

    1. Todos são bem vindos, Thomaz! Entrada franca, a galera é legal e sempre cabe mais um! Fique ligado que em breve teremos novidades!

Os comentários estão desativados.