As mentiras que os RPG’s contam

Mentiras que o Pinóquio teria vergonha de contar...

Nunca fiz um post de 1º de Abril. Acho divertido e tudo, mas não acredito que seja capaz de bolar alguma coisa realmente engraçada. Então, minha proposta para esse dia de costumeiras brincadeiras, é ir pela contramão e falar sério (bem, pelo menos um pouco).

Quais foram as maiores mentiras contadas no mundo do RPG, sejam elas brincadeiras de 1º de Abril, ou verdadeiras lorotas feitas para enganar jogadores/mestres/consumidores? Será que foi o anúncio de algum livro por editora tal? Uma promessa de suporte nunca concretizada? Um autor prometendo fazer uma coisa no jogo dele, mas fazendo outra completamente diferente?

Digam aí! Soltem o verbo! Mas ESQUEÇAM que hoje é o primeiro dia do quarto mês do ano, e não mintam!

Aviso também que esse NÃO é um espaço democrático; A minha intenção aqui é expor algumas “mágoas” que possam ter marcado o mercado brasileiro de RPG, não ofender nem denegrir ninguém. Portanto, aconselho a manter seu comentário educado, de preferência com humor, ou ele será apagado.

E não estou mentido ao dizer isso…

Vamos lá, mandem brasa!

7 comentários sobre “As mentiras que os RPG’s contam

  1. “Tio Lipe ‘Cavaleiros’ vai parar de abrir blogs na net”.
    Até hoje é mentira pura… Quero só ver até quando dura o Papo de RPGísta.😄

Os comentários estão desativados.